Vocês devem se lembrar lá dos tempos do colégio, quando as meninas se reuniam para confeccionar seus cadernos de perguntas… A gente passava o caderno para a turma inteira responder, mas nosso foco sempre era algum garoto em especial (e os garotos ou nunca queriam responder ou davam respostas que não diziam nada do que queríamos ler, não é…)!!!

Eu adorava, todo ano criava um diferente, com perguntas mais elaboradas e capas mais moderninhas!!! Minha mãe, arteira que só, fazia capas de tecido super fofas! Pena não ter nenhum de recordação pra mostrar pra vocês!

Bem, na era virtual os questionários mudaram um pouquinho, e agora a gente encontra nos blogs vários deles como uma ferramenta pra trocar informações bacanas e conhecer melhor nossas leitoras e amigas blogueiras! Achei o máximo, por isso, seguindo a onda virtual e a iniciativa da minha querida amiga Rita, do Botõezinhos, vou entrar na brincadeira e responder algumas perguntinhas que ela postou por lá, e quem quiser pode entrar também!

Bem, às perguntinhas:

♥ 4 trabalhos que você já teve…

Ah, sempre trabalhei como técnica de enfermagem, embora os sonhos fossem outros. Mas se conta, trabalhei em áreas diferentes.

Comecei de cara trabalhando em CTI Cardíaca, cuidando de pacientes cardíacos e cirurgicos cardíacos. Isso foi no Hospital São Lucas, da PUCRS, em 1998, ano em que me formei técnica de enfermagem. Foi meu melhor emprego, tudo que sou profissionalmente e tudo que aprendi foi lá! Foi lá também que conheci meu marido, então, só coisas boas!

Depois, trabalhei em um CTI de Transplantados, por um curtíssimo período, no Hospital Dom Vicente Scherer, na Santa Casa. Foi logo depois que casei, mas resolvemos ir morar em outra cidade.

Nessa outra cidade, trabalhei na Emergência do Hospital São Jerônimo (mesmo nome da cidade, que é bem pequena, à uma hora de distancia daqui. Foi uma boa experiência, com o marido Bombeiro, eu recebia as ocorrências que ele atendia em várias ocasiões… Ouvia a sirene e já avisava as colegas pra nos preparar… tenso, mas engraçado! Foi uma época bem especial, comecinho do casamento, cidade nova, novos desafios…

Pra finalizar, fui chamada no Concurso do Hospital de Clínicas e viemos embora pra POA novamente. Eu vim contrariada, queria a minha vida de interior pra sempre… Mas sabem que foi a melhor escolha, pois todas as nossas grandes conquistas vieram desse trabalho, e hoje tenho muito orgulho de trabalhar no HCPA! Comecei no CTI, mas depois de um tempo, se tornou muito desgastante pra mim, e num processo de realocação fui parar no Serviço de Hemodinâmica, um lugar onde se fazem exames pra lá de avançados em várias áreas da medicina, onde tudo ocorre numa velocidade diferente da que acontecia no CTI. Amo trabalhar lá e agora já posso dizer que tenho uma segunda família!

♥ 4 filmes que você pode ver de novo e de novo…

{O Fabuloso Destino de Amélie Poulain} Não tem nem o que dizer, perdi a conta de quantas vezes já assisti, adoro a trilha, adoro a Amélie, adoro jogar pedrinhas, pena que meu lago não é em Paris!!!

{Philadélphia} A música tema, Streets of Philadelphia, do Bruce Springsteen, é tocante, me emociona sempre, e a história do filme comove do início ao fim! Esse filme é de 1993, mas o assunto tratado nele é super atual.

{Patch Adams – O amor é contagioso} Gente, o que é esse filme… Robim Willians está incrível no papel do Hunter Adams, e o coração chega ficar apertado a cada cena… principalmente com as crianças!

{P.S. Eu Te Amo} Gente, o que é de lindo esse filme, a história mais triste e apaixonante que já assisti. Cada vez que assisto, me coloco no lugar da Holly e fico pensando como seria se fosse comigo… Não tem como não assistir de novo e de novo e de novo!!!!

♥ 4 lugares em que você viveu…

Me mudei algumas vezes já…

Nasci em Porto Alegre, e nos primeiros anos de vida morei na Zona Sul! Ipanema, Tristeza, Cristal… Bairros por onde passei até os cinco anos! Minhas maiores lembranças dessa fase são as prainhas de lá e as corridas de Fórmula 1 que eu assistia todo domingo cedinho com meu pai!

Depois morei uma pequena parte da infância em um lugarejo próximo de POA – entre Guaíba e Eldorado do Sul – e amava ter um endereço com BR e KM, além de estudar em uma escola com uma sala só, onde todos os alunos das primeiras 4 séries dividiam o ambiente! Foi lá que fiz minha primeira amizade e onde mais aproveitei minha infância (outra hora conto sobre essa época tão boa). Só fiquei triste quando descobri que os Correios não entregavam cartas nesse endereço maneiro, kkk!

Me mudei pra Cachoeira do Sul e lá morei com meus pais até me formar… lá tive meus primeiros namoradinhos, lá voltei pra me casar alguns anos depois de formada!

Santa Cruz do Sul foi minha cidade do coração. Eu e meu marido fomos apresentados à ela quando morávamos em São Jerônimo, e em uma semana nos mudamos  pra lá. Uma cidade feliz, bem cuidada, com uma rua principal super charmosa e cheia daqueles cafés com mesinhas na rua… eu adorava caminhar no meio da tarde e me sentar pra tomar um café ou suco e ver o movimento dos moradores! Não cheguei a trabalhar lá e moramos menos de meio ano naquela cidade, mas valeu cada segundo, morro de saudades! Depois disso, voltamos pra POA, e aqui estamos há uns 8 anos.

Tempo demais… estou louca pra me mudar novamente… idéias não faltam: Nova Petrópolis, Torres, Rio de Janeiro, Montevidéu, Londres! Sonhar não custa nada, né! Vai que acontece…

♥ 4 comidas favoritas…

{Massas} Se vierem acompanhadas de molhos cremosos então, já me ganham! Fettuccine é meu tipo de massa favorito! Se minha endocrinologista deixasse, comeria massa todos os dias! Mas, né…

{Ratatouille} Na verdade, tudo que levar abobrinha, berinjela ou tomate tá valendo… junto ou separado!!! Sem contar que no outro dia esse prato vira uma pastinha sensacional pra comer com torradinhas!

{Nhoque de Batata ao Sugo} a melhor é a da minha tia (segunda mãe), sempre que vamos à casa dela, rola um prato delicioso de Nhoque! Deu até água na boca de lembrar!

{Torta de Sorvete Caramelizada} Essa é a melhor sobremesa de toda vida, que minha mana faz e todo mundo em casa pede bis! Todo evento que rola na casa dela ou na mãe no verão, tem que ter! É algo!

♥ 4 coisas que você carrega na sua bolsa… E que não podem faltar! (editado por mim)

{Óculos de sol} porque não enxergo nadica de nada se um raiozinho de sol se atrever a dar as caras! Pareço chinesinha, nem abro o olho, atravessar a rua vira missão impossível e altamente perigosa! Culpa dos olhos claros e da sensibilidade extrema deles!

{Batom ou Gloss Labial} Dependendo da época e da inspiração, uso um ou outro. Mas tem que ter! As vezes tenho as duas opções, sempre clarinhas, cor de boca, rosados, só pra proteger mesmo!

{Caderno de Anotações} Tem momentos que os pensamentos me invadem e tenho necessidade de escrever… isso pode acontecer enquanto estou em casa lendo ou assistindo TV, mas também acontece quando estou no ônibus, indo pro trabalho, ou enquanto tomo um café no intervalo – e a louca precisa anotar antes que o pensamento vire fumaça – então pego meu caderno e parto logo pro registro… as vezes fica bem legível, kkk!

{Celular com fones de ouvido} Tá, é dois em um, mas vale, né! Não vivo mais sem celular, nunca aconteceu de esquecer, já faz parte de mim… acordo e já conecto a internet, depois vou me arrumar pra sair. Quando saio, coloco os fones e já programo pra tocar minha playlist favorita (com Jack Johnson, Jason Marz, Roberta Sá e Julieta Venegas), como vou de ônibus quase todo dia, é uma forma de evitar conversinhas chatas e gente que curte “trovar” logo cedo!

♥ 4 manias que você tem…

{Ritual antes da viagem} Eu e excelentíssimo desejamos boa viagem um para outro, boa viagem para o nosso mascote (o Snoopy que fica no retrovisor) e boa viagem para nosso carro (Kamoi*, apelido carinhosamente dado por uma querida amiga ao primeiro carro, e acabou pegando pro segundo também), um selinho pra finalizar, e pé na estrada! SEMPRE!!!

{Ritual antes de parar pra relaxar/descansar depois de um dia cheio} Eu preciso trazer tudo o que potencialmente vou precisar pra perto de mim: celular, ipad, livros, carregadores, controles remotos, caderno, canetas, lápis, revistas não lidas, um copo ou garrafa de água… é uma loucura, fico rodeada de coisas! Mesmo que não use a metade, precisam estar em meu campo de visão!  Odeio me acomodar bem, ajeitar as almofadas ou travesseiro e de repente me dar conta que esqueci algo… neura? Quem sabe…

{Ritual para ir trabalhar} Quando pego meu ônibus, de manhã cedo, sento sempre no mesmo lugar, entre o cobrador e a porta! E fico realmente irritada quando entro e alguém já ocupou esse lugar! Possessiva, eu?

{Lugar certo pra tudo na bolsa} Sempre compro bolsas com no mínimo quatro bolsos, e tenho um lugar para cada coisa: lanterna, álcool gel e lenços num bolso, batons e balinhas no outro, chaves e cartão do ônibus no outro… E por aí, vai! Se alguém mexer na minha bolsa e mudar o lugar de qualquer coisa, fico uma fera!

Organizar, emparelhar, enfileirar coisas… Ajeitar a roupa no armário ou nas pessoas! Deixar tudo milimetricamente arrumado nas mesas, tanto em casa quanto no trabalho…. Um exemplo, quando chego para meu plantão, antes de qualquer outra coisa, preparo tudo o que vou precisar na manhã, de medicações a equipamentos, deixo rótulos prontos, datados e assinados, posiciono tudo de forma a evitar atrasos ou acidentes! Levo uns 15 minutos nesse processo, mas ganho em eficiência no resto da manhã! Em casa, repito o processo… mas de forma mais descontraída, claro! E aquela história, passou por um quadro torto na parede, ajeita… Viu um fio de cabelo na roupa do camarada na sua frente, tira… Alguém estendendo ou dobrando a roupa de qualquer jeito… tiro da mão e faço de novo (se for bem chegada, se não for, dou uma disfarçada e volto mais tarde para “reparar” o dano)!

Só à título de curiosidade… já procurei um especialista, ele disse que não é grave minha situação, hehehe!

♥♥♥

Gente, era pra ser um questionário super resumido, sucinto! Mas não sei escrever pouco, então, está aí… Saí da linha, literalmente… pra alguém tão metódica e um tanto perfeccionista, até que me comportei. Fica o post pra quem quiser saber um pouquinho de mim!!!

Rita, amiga, demorei mas amei participar… O próximo está mais atrasado ainda, mas prometo que loguinho faço também!!!

Espero que vocês curtam e também entrem na brincadeira. Não esqueçam de passar lá no Botõezinhos e conferir as respostas da Rita e das outras meninas, e se quiserem criem o post de vocês também!

Beijo, beijo…

 

  Ei, curte aqui, vai! :(

Nine Copetti

Dizem por aí que já nasci com um livro embaixo do braço. Ando pelas ruas com o olhar pro alto a procurar nuvens que sejam algodão doce e passarinhos que versem sobre o dourado lindo do sol que chega de mansinho. Desanuvio meus pensamentos em palavras que se tornam meus textos de escape, faça sol ou chuva. Nos dias de chuva eu capricho mais. Dizem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *