Deixa eu contar algo bem bacana pra vocês: já tem um tempo que venho namorando um projeto que descobri lá pelo Facebook e que até então eu vinha adiando por motivo de “prioridades financeiras”. Pois bem, esse mês eu resolvi estrear minha assinatura e hoje a primeira caixa chegou aqui em casa, o que me dá motivos de sobra pra contar tudo pra vocês e com detalhes! Uhuuuu!!!

Se você ama livros, vem comigo que no caminho eu explico…

Talvez muitos de vocês, apaixonados por livros como eu, já tenham ouvido falar sobre a TAG –  Experiências Literárias. A TAG é um projeto super especial, um Clube de Livros, feito por gente louca por livros como a gente e que em forma de curadoria literária – com todas as características que uma curadoria contém e todo amor que um fascinado por leitura guarda dentro de si – nos apresenta mensalmente alguma obra universal, que contempla os mais diversos gêneros literários.

Funciona mais ou menos assim: a cada mês o pessoal da TAG convida alguém do cenário intelectual/literário tanto do Brasil quando Internacional para nos indicar uma leitura; o convidado vai lá no fundo do seu baú de memórias, escolhe um livro que marcou sua vida de alguma forma; a partir daí é construída a curadoria, uma revista é desenvolvida com a história do convidado e de sua escolha, a influência da obra escolhida sobre ele, tudo de modo a colaborar para aprofundar nosso conhecimento em relação à obra, ao autor e ao convidado, claro. Nesse momento, o pessoal do projeto já começa a montar os kits com a obra do mês, com elementos que remetem ao contexto desse livro, seja colocando-os em bookbags (capinhas personalizadas), fazendo marcadores lindos, acrescentando algum mimo relacionado à história desse livro, enfim… São os responsáveis por criar a experiência literária que nos surpreenderá e que chega até nós em forma dessa caixinha surpresa da foto abaixo:

E a gente corre para abrir a caixinha mágica e encontra nela muito mais que um simples livro que poderíamos comprar em qualquer livraria física ou online. A gente encontra amor, carinho, dedicação e o resultado disso tudo (pelo menos nesse mês de Abril) é esse aqui:

Um livro de John Williams – Stoner, publicado pela editora Rádio Londres, em capa dura e belíssima edição, acomodado na tal bookbag personalizada, com um marcador temático (de um lado com algo sobre o curador do mês e do outro com a obra escolhida), uma cartinha da TAG, uma revista contando um pouco sobre o curador literário – esse mês é a Letícia Wierzchowski (já conversamos sobre ela aqui e aqui e claro que eu me associei de cara porque adoro essa escritora, nem preciso dizer o quanto, né), sobre sua escolha e a importância dela na sua vida, sobre o livro escolhido e finalmente algumas curiosidades; pra terminar a experiência, um mimo: neste, foi uma garrafinha com um papel em branco dentro, para escrevermos alguma obra que gostaríamos de ver fazendo sucesso daqui a 50 anos, que foi o tempo que levou para que esse romance de John Williams realmente deslanchasse no mundo literário.

Confesso que por mim mesma, jamais compraria esse livro – nem mesmo ouvira falar dele até então. Mas depois que assisti o vídeo da Letícia falando sobre ele e li a sua entrevista na revista que acompanha o kit, fiquei é louca para começar logo a leitura. Ela diz o seguinte: – “Um livro excepcional, daqueles que ficam tamborilando na alma anos depois, e que deve ser relido com o tempo. É uma vida comum narrada de forma arrebatadora. Chorei em vários momentos, e o final é lindo!”. Tem como não desejar devorar um livro depois dessa pequena descrição?

Sobre o livro:

Stoner é a história da vida de um homem entre as décadas de 1910 e 1950: William Stoner, filho único de camponeses humildes, quase por acaso descobre sua paixão pelos estudos literários e se torna professor universitário. Em uma prosa linear e límpida, narram-se o progressivo afastamento de Stoner da própria família, as relações complicadas com os colegas, as amizades tragicamente marcadas pela guerra, a difícil vida conjugal, o impossível amor clandestino por uma professora mais jovem e o encontro com a morte. Stoner reage às provações da vida com aparente impassibilidade e silencioso estoicismo, emergindo como um inesquecível e trágico herói da vida cotidiana.

Pra terminar, posso dizer que valeu cada centavo dos R$ 69,90 mensais (já incluído até o envio para todo o Brasil nesse valor) investidos nesse Clube. E para quem ainda tem dúvida, pode espantar as nuvenzinhas já e se associar logo… A assinatura não possui fidelidade, isto é, se a gente desconfiar que já tem o livro seguinte, ou ficar com o orçamento apertado (sai pra lá, crise!), ou simplesmente lá pelas tantas quiser dar um tempo na assinatura, é só enviar email para o pessoal que eles resolvem tudo. E quem não tem cartão de crédito também pode conversar com eles que sempre tem uma outra opção. Além disso, dá pra gente ficar de olho nas edições que perdemos e ficamos desejando… Eles avisam quando há nova edição dos kits dos meses anteriores e podemos fazer pedidos extras.

Agora me digam, tem como não se apaixonar loucamente por eles? Eu já quero é logo saber do próximo! A curadora já sabemos que será a Adriana Lisboa, que também não conheço, o que me dá mais gosto ainda pela TAG – Experiências Literárias, porque está me proporcionando realmente uma experiência completa, aumentando e muito meu conhecimento sobre uma galera que eu nem imaginava que existia. Ou melhor, imaginava, mas nesse mundo, vasto mundo, quem sou eu pra saber tudo, né… Bora agregar esse tesouro literário.

Quem vem junto? Para se associar, segue esse link da TAG!

E para quem é de Porto Alegre, dica extra:

Discussão da obra Stoner, de John Williams

Debate com a curadora Letícia Wierzchowski e associados do Clube TAG – Experiências Literárias

Local: CASAMUNDI – Av. Borges de Medeiros, 2500 – Sala 1909 – Porto Alegre – RS

Data: 05 de Maio de 2016

Horário: 19h30min

Inscrições: cultura@casamundi.com.br

PS: Se alguém aí resolver assinar também e quiser dar meu nome lá pro pessoal do TAG, vou ficar super feliz, porque indicações ganham ecobags lindas deles!!! E isso é muito amor!!! (e não estou sendo paga por esse post, não, viu)!!! <3 

Mil beijos e boas leituras,

nine_signature

  Ei, curte aqui, vai! :(

Nine Copetti

Dizem por aí que já nasci com um livro embaixo do braço. Ando pelas ruas com o olhar pro alto a procurar nuvens que sejam algodão doce e passarinhos que versem sobre o dourado lindo do sol que chega de mansinho. Desanuvio meus pensamentos em palavras que se tornam meus textos de escape, faça sol ou chuva. Nos dias de chuva eu capricho mais. Dizem.

6 comentários

Clauo · 14 de abril de 2016 às 20:04

Ahh amei o post!
Que tudo este encontro, depois querosaber como foi Nine!
Estou pensando em aderir tbe
Bjks mil

http://www.blogdaclauo.com

    Nine Copetti · 14 de abril de 2016 às 21:49

    Clauo, demais né! Eu estou super feliz, vamos ver os próximos meses se também vai valer a pena!!!
    Não vejo a hora de discutir esse livro (e com a Letícia ainda, que admiro demais), estou devorando as páginas, uma leitura encantadora!
    Experimenta um mês. Tu podes suspender sempre que quiser, não tem fidelidade… Isso nos dá liberdade de não pagar por um mês em que ou já imaginemos/tenhamos o livro ou o enredo não nos agrade!

    Beijos e boas leituras! ;)

ana paula · 11 de abril de 2016 às 08:22

Existe uma aura esfumaçada que me traz aqui e assim me deparo com um delicioso post e o nome da Letícia que comprei o livro por indicação tua e amei; lá no instagram, encontrei a Fernanda falando da Letícia por indicação da Nine e eita mundo virtual pequeno e tão encantador!
Eu já tinha lido sobre a Tag mas nunca visto um post assim tão interessante que espelhasse como realmente é o trabalho deles.
Acho que futuramente, quem sabe?! Se eu for fazê-lo, pode deixar que indico sim o teu nome.
Beijo!

    Nine Copetti · 11 de abril de 2016 às 10:22

    Puxa, Ana Paula! Que alegria ler teu comentário! Sim esse mundão virtual as vezes é bem pequeno, principalmente pra quem ama ler, né! Eu demorei muito pra decidir me associar, mas Leticia é uma escritora irresistivel que tem a sensibilidade para notar bons romances e fiquei muito curiosa pela indicação dela! Acho que não vou me arrepender!
    Muito obrigada pelo teu carinho e comentário e que essa aura se espalhe por mais e mais gente apaixonada por livros como nós!
    Beijão! <3

Dica de Livro | Stoner | ≈ inƒinito particular ≈ · 16 de maio de 2016 às 00:16

[…] Como eu contei pra vocês, agora sou assinante da TAG Livros, um Clube de Livros com curadoria literária de diversos escritores e intelectuais do mundo inteiro! Falei tudinho sobre isso AQUI! […]

Almoço Clio | Meu país ficcional | ≈ inƒinito particular ≈ · 24 de abril de 2016 às 19:12

[…] TAG – Experiências Literárias | Curadoria de Livros […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *