Opa, tudo meio empoeirado por aqui, né… De vez em quando dou umas sumidas e acho que nem cabem mais desculpas, o que cabe é que sempre acabo voltando cheia de ideias na cabeça e com a ponta dos dedos comichando de vontade de escrever!!!

E pra começar esse 2017 aqui no blog, nada melhor que já chegar chegando, contando pra vocês – que como eu, são loucos pelo cinema francês – que a 7ª edição do My French Film Festival está de volta e com um repertório de longas e curtas que prometem tirar o fôlego da gente!!!

O esquema é praticamente o mesmo do ano passado, contei pra vocês aqui. Mas vou deixar alguns detalhes desse ano aí embaixo:

MyFrenchFilmFestival.com é um conceito inédito que tem o objetivo de apresentar novas criações cinematográficas francesas e permitir aos usuários do mundo inteiro compartilhar (votando em seus filmes favoritos) seu amor pelo cinema francês. Na sétima edição, o festival retorna com 10 longa-metragens e 10 curta-metragens que entram na competição, mais 9 filmes que não entram na competição e 2 filmes do patrimônio. Quem quiser, pode baixar o catálogo em PDF nesse link!

Quando

De 13 de janeiro a 13 de fevereiro de 2017 os cinéfilos do mundo inteiro terão acesso a todos os filmes que a sétima edição do festival de cinema francês online apresenta.

O princípio

Dez longas-metragens e dez curtas-metragens franceses concorrem. Os internautas são convidados a votar em seus filmes preferidos e a deixar seus comentários no site. A seleção conta com dois filmes belgas em competição e, fora de competição, com um filme antigo, dois filmes francófonos canadenses e dois filmes francófonos suíços.

Onde assistir aos filmes

Online: Na plataforma MyFrenchFilmFestival.com no mundo inteiro. O festival estará também disponível em cerca de outras trinta plataformas parceiras, dependendo dos territórios, entre elas iTunes em 90 países.

Nas salas de cinema: Durante o festival, serão exibidos os filmes nas salas de cinema perto de você. As informações sobre os locais e os horários serão publicadas no site do My French Film Festival  regularmente.

Nos aviões: My French Film Festival também estará presente nos aviões. Os filmes também serão exibidos em várias companhias aéreas ao longo de todo o ano. Neste caso também, todas as informações serão divulgadas no site do festival.

Os premiados

Três prêmios serão conferidos no festival:

  • O Prêmio Chopard dos Cineastas –  Composto por cineastas internacionais.
  • O Prêmio Lacoste do Público – Os internautas do mundo inteiro podem votar em seus filmes preferidos na plataforma do festival.
  • O Prêmio da Imprensa Internacional – Concedido por jornalistas dos principais jornais estrangeiros

Os júris de cineastas e da imprensa internacional se reunirão em Paris durante o festival para votar nos filmes vencedores. Os filmes vencedores serão exibidos em aviões da Air France por um período de 6 meses a partir de julho de 2017.

.

Os preços

Todos os curtas serão gratuitos no mundo inteiro. A cada ano, o festival é gratuito em vários territórios. Este ano serão gratuitos em: América Latina, Rússia, Polônia, Romênia, África e Índia.

Para os restantes territórios:

  • Locação de um longa-metragem: 1,99€
  • Pacote do festival: 5,99 € para o acesso a todos os filmes disponíveis

Ano passado meu favorito do festival foi: Henri Henri! Este ano quero assistir de saída esses quatro:

Destemida (Peur de rien) – longa-metragem em competição:

Anos 90. Lina, de 18 anos, chega a Paris para estudar. Ela veio para encontrar o que nunca encontrou em sua terra natal, Líbano: um certo tipo de liberdade. Com um instinto de sobrevivência como única bagagem, ela flutua de uma Paris para outra ao ritmo de suas relações amorosas. Porque, quando você tem dezoito anos, você sonha em abraçar o mundo inteiro e não apenas um único menino…

À sua completa disposição (Je suis à vous tout de suite) – longa-metragem em competição:

Hanna, 30 anos, é muito charmosa e não sabe como dizer “não”. Ela sofre da neurose da bondade. Esta estranha síndrome afeta outros membros da sua família: seu pai, Omar, é um “assistente social de supermercado” e sua mãe, Simone, é uma “psiquiatra que atende em domicílio”. Hakim, seu irmão, não compartilha sua neurose, focado como está em suas raízes argelinas e sua religião. Na verdade, ele não se relaciona com Hannah. Mas um acontecimento inesperado obrigará Hanna e Hakim a se conectarem novo.

A carne e os vulcões (La chair et les volcans) – curta-metragem em competição:

Laura vive sozinha com seu pai em um pequeno vilarejo em Auvergne. Aos catorze anos de idade, a jovem adolescente lida com constrangimentos cotidianos e faz seu caminho pela vida encontrando refúgio em seu próprio mundo privado.

Volta às aulas (La rentrée des classes) – curta-metragem de animação belga em competição:

Cowboy e índio estão prontos para decolar em um cruzeiro de luxo extravagante, mas eles esqueceram totalmente que hoje é o primeiro dia de escola! Adeus, ilhas exóticas.

♥♥♥

É um super festival, então bora lá preparar a pipoca e o guaraná – ou se preferir assistir em grande estilo, bora abrir um rosè e comprar uns macaronset voilà!

 

  Ei, curte aqui, vai! :(

Nine Copetti

Dizem por aí que já nasci com um livro embaixo do braço. Ando pelas ruas com o olhar pro alto a procurar nuvens que sejam algodão doce e passarinhos que versem sobre o dourado lindo do sol que chega de mansinho. Desanuvio meus pensamentos em palavras que se tornam meus textos de escape, faça sol ou chuva. Nos dias de chuva eu capricho mais. Dizem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *