Das coisas boas que o mundo dos cafés tem nos proporcionado: amizades queridas e lugares novos com muita alma. E o lugar da vez é a MOOD Cafeteria, vizinha da minha torrefação favorita, Baden. Fica no bairro Passo da Areia.

Aberta há pouquíssimo tempo, a MOOD (adorei esse nome) veio para atender um público bem especial aqui em Porto Alegre, que são as pessoas alérgicas ou intolerantes ao glúten e a lactose. A Mi, proprietária, idealizou tudo com muito amor e carinho, com muito cuidado e atenção aos mínimos detalhes. Isso inclui a segurança alimentar que as pessoas que possuem essas restrições tanto buscam e pouco encontram na cidade.

Eu acompanhei um pouquinho do processo e digo que valeu o longo tempo de espera, pois ficou tudo impecável!

Assim que cheguei já vi que o lugar prometia muito. Lindo, muito bem decorado de um jeito despojado, com uma pegada leve no industrial, moderno e ao mesmo tempo com aquele toque de simplicidade que torna o lugar convidativo, aconchegante. E tem um cantinho extremamente diferente de tudo que já vi. O lugar em si não é muito grande, mas foi super bem aproveitado, com uma mesa-balcão na janela com vista pra rua, uma mesa coletiva linda (adoro essas mesas imensas de madeira escura) e como se isso não bastasse, na parede mais linda da face da terra, mesas-beliche. Isso mesmo, vocês não leram errado, eu não estou sonhando… Mesas divididas em dois andares, sim, com escadinha, achei tão fofo e muito inovador, pelo menos por aqui!!! <3

IMG_6758

O que é de linda essa parede, gente, me digam? Ela foi toda desenhada à mão pelo artista Henrique J. Tramontina, com aquelas canetas Posca, muitas delas. Papel de parede é coisa do passado, definitivamente! Eu amei cada detalhe, me perdi olhando cada um dos desenhos…

IMG_6762

Mesas coletivas são amor e  muito bem vindas nessas cafeterias, pois muita gente acaba marcando reunião de trabalho enquanto toma um café ou então a galera da “firma” resolve ir toda pro mesmo lugar depois do almoço – ou no almoço mesmo, né! E não precisar ficar juntando mesa e fazendo a maior bagunça no ambiente é uma grande sacada!

IMG_6761

Mas esse balcão na janela também é muito interessante, pra quem chega só para um café rápido, ou tá a fim de ficar a sós com seus pensamentos, pode devanear à vontade enquanto espia o movimento lá fora… Imagina em dias de chuva? E se a gente esquecer o livro em casa, tem vários espalhados por lá! E ótimos! <3

A MOOD trabalha com os cafés da William&Sons, uma torrefação bem bacana daqui de POA, então é certo que os cafés são da melhor qualidade. Claro que o barista faz seu trabalho brilhantemente e nos entrega bebidas limpas (eles têm até um segredinho com a água) e de um sabor unico!!!

Fora os cafés, um cardápio inspirado nas raízes da Mi, que tem ascendência japonesa e traz com ela toda a cultura da boa alimentação que eles têm. Então, tudo o que vocês provarem lá tem ingredientes naturais e pratos desenvolvidos por ela mesma e testados exaustivamente, para agradar ao nosso paladar! No dia, provei um Nhoque de Inhame recheado com queijo Gouda (sem lactose, claro) com quinoa, perto de manjericão, amêndoas e sementes de girassol tostadas! Deu água na boca só de lembrar!

image

E tem também um pequeno empório, porque a gente sempre quer levar alguma coisinha pra casa, sejam palitinhos integrais, sucos, vinhos, granolinhas e afins… Tudo selecionado com cuidado tambem! Não é qualquer fornecedor que atende a MOOD, existem requisitos, algumas exigências, que são feitas para que eles estejam aptos a fornecer seus produtos com a mesma segurança com que a MOOD vai oferecê-los depois aos clientes!

Um detalhe importante para os workaholics: WiFi de qualidade e muitas tomadas espalhadas pelo ambiente! Ponto pra MOOD! <3

A equipe MOOD é uma verdadeira família, a gente sente isso assim que entra lá! O calor do aconchego e da receptividade ganha muitos pontinhos… É o carinho e a a preocupação deles com tudo e fomos clientes, principalmente, que faz com que a gente queira voltar lá muitas e muitas vezes mais!

Bônus track (ou o exemplo através da observação): entrou uma senhorinha do bairro e pediu um café com leite para se aquecer e fugir do frio que fazia lá fora. O Edi, barista queridão, ofereceu a ela se queria um cappuccino. Ao que ela prontamente disse : – Não, quero algo simples. Só café com leite mesmo. Poderia ter se encerrado aí essa conversa, e veio um pequeno gesto que diferencia os bons lugares, o barista, com muita paciência e simpatia, explicou: – O nosso cappuccino é tradicional, não vai chocolate ou canela, apenas o leite é mais cremosos que no café com leite simples, é isso torna ele muito mais saboroso. É o valor é o mesmo!  O que acha?

Bem, a senhorinha atenta a explicação (e eu também) disse que aceitava a sugestão, que iria provar!Claro!

Ao final, agradeceu ao Edi e elogiou o sabor da sua mais nova experiência com cafés!

É muito amor, né !  É amor demais envolvido em algo que é sim um negócio, mas um negocio com alma!

Se tu mora qui em Porto Alegre ou tá de passagem… Vai lá, vive a tua experiência depois volta pra me contar!

Uma ótima semana – com feriadinho, uhuuu!!!

Beijos,

 nine_signature

1 pessoinha leu, curtiu e recomenda esse post!

Nine Copetti

Dizem por aí que já nasci com um livro embaixo do braço. Ando pelas ruas com o olhar pro alto a procurar nuvens que sejam algodão doce e passarinhos que versem sobre o dourado lindo do sol que chega de mansinho. Desanuvio meus pensamentos em palavras que se tornam meus textos de escape, faça sol ou chuva. Nos dias de chuva eu capricho mais. Dizem.

3 comentários

Ana Paula · 23 de maio de 2016 às 17:45

Oi Nine!!
Que linda a parede. Parece papel!
Admiro muito quem – nesses tempos de crise – tem a coragem de empreender. Meu pai sempre empreendeu, mas ainda não herdei essa característica dele rsrs.
Muito bom o post!
Bjks

    Nine Copetti · 23 de maio de 2016 às 19:20

    Oi, Ana!!!!
    Lindo trabalho nessa parede, né? Ao vivo é mais ainda! Eu amei o lugar todo!!! E sobre empreender, é um caminho de muita coragem e disciplina, para poucos! Admiro muito quem consegue, ainda mais nessa época de tanta insegurança na economia, né!

    Beijão pra ti!

In a good MOOD! – Eu, Barista! · 25 de maio de 2016 às 15:05

[…] ler o texto completo da Aline, basta clicar aqui, e dos Destemperado, […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *