Que final de semana lindo foi esse, não!!! Sol brilhando livre, leve e solto no céu azul limpinho (no sábado) e aliviando aquele frio típico da época aqui no Sul! Perfeito pra sair pra rua, pra curtir o melhor que Porto Alegre tem pra nos oferecer nesse cenário: os parques!!!

O nosso preferido é o Parque Farroupilha (a Redenção, para os chegados), claro! Repleto de artistas de rua, artesãos, gente de todas as tribos, famílias e turmas inteiras deitadas no gramado extenso do parque, tomando um sol, lendo um livro – sem esquecer do chimarrão, companheiro fiel para todos os momentos dos gaúchos!

Fora isso, muita história por entre as árvores, nos recantos do parque. Ele exala informação para todos os gostos, basta uma caminhadinha.

Outra coisa, nada melhor que  parque em dia de sol para a estréia da minha câmera nova… Êeee!!!

Claro que sou principiante, então, nada muito surpreendente vai surgir das lentes da câmera, pois as imagens precisam ter uma mistura de tecnologia, prática e olho, na minha opinião! Sensibilidade para capturar as melhores cenas, os melhores ângulos e ainda saber utilizar os zilhões de funções… É preciso muito engenho e arte, né! Mas eu chego lá, já estou agendando cursos, participando de fóruns e lendo alguns livros bacanas de fotógrafos experientes! E amando toda essa função… Um sonho realizado, riscado da minha listinha mágica!!!

Agora, vou deixar o blá, blá, blá de lado e mostrar pra vocês o resultado dessa tímida expedição:

Colégio Militar e um pequeno mirante para o Lago dos Pedalinhos.

Recanto Alpino: uma casinha de pedras que originalmente era envolta em trepadeiras, simulando um refúgio nas montanhas. 

Monumento ao Expedicionário: uma homenagem aos militares brasileiros que lutaram na Segunda Guerra Mundial.

Acima: Fonte Luminosa – um chafariz com águas dançantes e passeio com cachorros (sem as coleiras, em sua maioria).

Abaixo: Detalhe em uma árvore e vista do Lago.

Recanto Oriental: pontes sobre o lago em formato de Dragão e Templo de Buda.

Raízes quase poéticas de uma árvore e Tronco Fóssil de 200 milhões de anos, em frente ao Orquidário.

E aí, curtiram as fotos, eu adorei sair pelo parque fotografando, ainda que bem envergonhada.

Usei o Modo Automático em quase todas as fotos e apenas algumas vezes o Foco Manual, e foi um desastre, rsrsrs! Muito que aprender, claro!

Uma ótima semana pra vocês!

Beijos!

 

Signature_Nine

 

  Ei, curte aqui, vai! :(

Nine Copetti

Dizem por aí que já nasci com um livro embaixo do braço. Ando pelas ruas com o olhar pro alto a procurar nuvens que sejam algodão doce e passarinhos que versem sobre o dourado lindo do sol que chega de mansinho. Desanuvio meus pensamentos em palavras que se tornam meus textos de escape, faça sol ou chuva. Nos dias de chuva eu capricho mais. Dizem.

2 comentários

Ana Paula · 16 de julho de 2012 às 19:02

Nossa, q fotos legais!
Lugar mt bonito.
Tao bom maquina nova ne…
Bjsss
Ana Paula

    nine_copetti · 16 de julho de 2012 às 19:59

    Muito bom, a gente até capricha mais nas fotos assim, né!!!
    Beijo grande!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *