Gente, nem acredito que consegui terminar um livro, ando tão sem tempo pra ler que acabei começando vários aos mesmo tempo e não conseguindo me interessar por nenhum a ponto de concluir minhas leituras… Triste pra mim, que amo tanto ler, me jogar nas histórias, chorar e rir junto com os personagens!!!

No último final de semana viajei pra casa dos meus pais, e aproveitei as horinhas no ônibus pra tentar ler um pouco. Escolhi um livro leve o bastante pra carregar na bolsa e curto o suficiente pra ler entre a ida e a volta. E consegui atingir minha singela meta, hahaha!!!

Escrito por Alyson Noël, uma escritora americana comvários livros de ficção traduzidos em muitos países (embora eu não tenha lido nenhum e tenha descoberto esse totalmente por acaso)! Seus livros, pelo que entendi são para o público adolescente, lembra um pouco a Saga Crepúsculo.

Radiante lembra um livro espírita, bem no estilo Violetas na Janela com uma pitada de suspense e doses de emoção. Fala da passagem de uma garota de 12 anos (Riley) para o mundo dos mortos de uma forma leve e até divertida, visto que é narrado por ela – com a visão de uma menina de 12 anos, portanto.

Uma leitura gostosa, rápida, que passeia pelo mundo dos espíritos, dos anjos da guarda, das pessoas que deixamos pra trás, da dificuldade em entender a separação e a perda – tudo isso sem ser sofrido ou massante, rende boas risadas até…

Pra completar a fofurice da história da Riley, o labrador da família – Buttercup – atravessa a “ponte” com ela e acompanha suas aventuras o tempo inteiro… impossível não se apaixonar, né!

A emoção e o suspense ficam por conta das missões que ela tem que cumprir com seu guia e protetor. Aparentemente Bodhi é um garoto nerd e bem bobo, mas que vai se mostrar ser um pouco mais que isso!

Enfim, um bom livro para ler enquanto a gente espera uma consulta, a caminho do trabalho, ou em uma viagem curta. É tão bom quando pequenas leituras nos surpreendem assim, não acham?

Vou deixar a sinopse pra quem gosta de se guiar por ela para escolher seus livros:

Algum tempo após o acidente de carro que a matou, Riley Bloom deixou sua irmã, Ever, no mundo que conhecemos e atravessou a ponte da vida após a morte até um lugar chamado Aqui, onde o tempo é sempre Agora. Riley reencontrou os pais, também vítimas do desastre, e Buttercup, o cão da família. Todos estavam se adaptando a uma morte boa e tranquila, até que ela foi chamada perante o Conselho e um segredo lhe foi revelado: a pós-vida não significa simplesmente uma eternidade de lazer. Riley tem tarefas a realizar. Ela é designada como Apanhadora de Almas, e Bodhi, um garoto diferente, que ela não consegue decifrar muito bem, é seu guia. Riley, Bodhi e Buttercup voltam à Terra para sua primeira tarefa: fazer o Menino Radiante, que há anos assombra um castelo na Inglaterra, atravessar a ponte. Muitos Apanhadores de Almas já tentaram convencê-lo e não obtiveram sucesso. Mas isso foi antes que o menino conhecesse Riley…

Pra quem estiver no Skoob, tem comentários e resenhas, além de detalhes sobre essa e outras obras aqui: Radiante.

Ainda tenho que escrever sobre a biografia de Steve Jobs, mas acho que vai demorar um tantinho, pois além de ser bem longo, estou intercalando com livros e artigos pra faculdade, então acho que essa leitura vai longe mesmo!

E vocês, me contem o que andam lendo…

Beijos,

 

Signature_Nine

 

  Ei, curte aqui, vai! :(

Nine Copetti

Dizem por aí que já nasci com um livro embaixo do braço. Ando pelas ruas com o olhar pro alto a procurar nuvens que sejam algodão doce e passarinhos que versem sobre o dourado lindo do sol que chega de mansinho. Desanuvio meus pensamentos em palavras que se tornam meus textos de escape, faça sol ou chuva. Nos dias de chuva eu capricho mais. Dizem.

1 comentário

Bruna Dalcin · 31 de outubro de 2012 às 13:35

Boa dia de leitura, parece ser muito bom e rapidinho de ler.
Vou anotar na lista aki!
bjss

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *