Mais uma dica de livro pra vocês… Esse foi uma compra aleatória na FNAC e confesso: comprei porque dizia na capa que trazia prefácio do Zeca Camargo (e sou muito, muito fã dele, confio nas dicas que dá).

Bem, esse livro não é exatamente um romance, embora a gente pense e realmente ao avançar as páginas, tenha essa impressão. São histórias reais de gente como a gente, a não ser pelo detalhe de que vivem em uma favela da Índia, Mumbai mais precisamente – e mais uma vez, embora a gente conheça um pouco a realidade das favelas do nosso país, acreditem, lá parece ser bem pior.

Humanos somos todos, com nossas diferenças, nossas particularidades, nossos defeitos e qualidades. Mas em um ambiente de extrema pobreza e onde nem mesmo as mais básicas necessidades são atendidas, onde o governo é extremamente corrupto e fecha as portas para os seus cidadãos, ainda há esperança e um pouquinho de ambição. Há também quem queira ser esperto, dar seu jeito, burlar as regras, explorar o outro. Mas também e ainda há quem queira encontrar outro caminho, melhorar seu destino e enxergar no futuro um lugar melhor para viver ou simplesmente melhorar o lugar onde vivem.

Sabem aquela história da flor que nasce em meio à seca? É por aí que se delineia esse livro.

Sinopse (via Livraria Cultura):

Em Busca de um Final Feliz’, de Katherine Boo, é um livro brilhantemente escrito. Através de uma forte narrativa, descobrimos como é o dia a dia dos moradores de Annawadi, uma favela à sombra do elegante Aeroporto Internacional de Mumbai, na Índia. A história de seus habitantes nos faz rir e chorar, porque ‘o que é celebrado neste livro não é o que poderíamos chamar toscamente de ‘o encanto da lama’, mas a riqueza das pessoas que – para o bem e para o mal – compõem um tronco social que está cada vez mais presente no nosso mundo moderno’. (Zeca Camargo, em prefácio a esta edição). O leitor vai se apaixonar por Sunil Sharma, o menino catador de lixo que quer ficar rico, por Manju, a moça mais bonita da favela, que quer ser professora, e até pela tresloucada Fátima, a Perna Só, que só quer um pouco de atenção.

Os personagens parecem saídos de uma incrível história de ficção mesmo, longe da realidade que a maioria de nós estamos acostumados, acho que nem mesmo nas favelas/vilarejos mais pobres no Brasil presenciamos cenas que beiram à miséria humana, onde quase não há espaço para esperança, mas os sonhos estão todos lá, guardados.

Eu fiquei chocada com algumas passagens, principalmente com a corrupção aberta – como uma ferida exposta – dos serviços púbicos que deveriam existir para atender e defender à todos igualmente e com a falta de interesse em oferecer boas escolas, bons hospitais e uma estrutura mínima de saneamento (isso sim lembra muito alguns lugares e alguns políticos aqui no Brasil, né).

Em outras, me animei por sentir a esperança na fala dos mais jovens que não se entregaram as drogas e aos atos ilícitos e conseguiram sobreviver no caos, em meio ao lixo, às doenças, às más intenções das outras pessoas e foram persistentes para estudar, cursar uma faculdade e ainda tentaram ensinar algum valor aos menores.

Em um lugar onde culturalmente a mulher não é estimulada a estudar, ali em meio ao caos e à pobreza, quase nenhuma criança de fato tem acesso à escola. Quando tem aulas, é porque alguém consegui ultrapassar barreiras por um tempo bem limitado; os poucos que conseguem seguir adiante nos estudos ou tem contato com pessoas importantes ou teve sorte mesmo de ninguém atravessar o seu caminho.

Enfim, um livro documentado com cara de romance, mostrando a realidade nua e crua com um viés de esperança que nunca morre. Até então, não tinha lido nada parecido.

Fica a dica para quem se animar,

Beijos!

  Ei, curte aqui, vai! :(

Nine Copetti

Dizem por aí que já nasci com um livro embaixo do braço. Ando pelas ruas com o olhar pro alto a procurar nuvens que sejam algodão doce e passarinhos que versem sobre o dourado lindo do sol que chega de mansinho. Desanuvio meus pensamentos em palavras que se tornam meus textos de escape, faça sol ou chuva. Nos dias de chuva eu capricho mais. Dizem.

3 comentários

Clauo · 3 de julho de 2015 às 17:55

Oi Nine
Adorei seu blog.
Este livro me chamou a atenção, li num livro viajante e gostei muito!
Adoro estórias indianas :)
Bjks mil

http://www.blogdaclauo.com

    Nine Copetti · 4 de julho de 2015 às 13:34

    Oi, Clau! Obrigada!
    A India é um lugar que rende histórias incríveis, mesmo! Um beijo grande e muito obrigada pela visita! ;)

Leituras de 2015 | A lista – Desanuviamentos · 12 de março de 2017 às 22:24

[…] Em Busca de Um Final Feliz – Katherine Boo {♥♥♥} […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *