Bah! Que domingo super da preguiça aqui em casa, amanhecemos com chuva e muito vento aqui em Porto Alegre (a chuva é sempre bem vinda, mas essa ventania toda é desnecessária, né… árvores caindo por toda parte, colocando em risco quem se obriga a estar nas ruas, enfim, todo cuidado é pouco em dias assim). Não preciso nem dizer que hoje não vamos colocar o pé pra fora de casa de jeito nenhum!!! :(

Agora, aproveitando o tempo bem meia-boca lá fora, bora contar pra vocês sobre mais um evento legal que vai rolar no próximo mês na nossa Portinho: o FestiPOA Literária, edição 2016.festipoa2016

Pra quem não sabe, o FestiPOA é uma festa literária onde durante uma semana (este ano, de 18 a 22 de Maio) acontecem debates, leituras, oficinas, shows, saraus, lançamentos, entre tantas outras formas de compartilhar com as pessoas o mundo da literatura. Isso tudo, claro, contando com a presença de diversos escritores e artistas convidados, que comemoram conosco essa paixão.

O criador e produtor do evento é o editor do Jornal Vaia, Fernando Ramos, que conta com uma galera nos bastidores para que tudo seja perfeito nesses dias. O evento já está na 9ª edição e traz como convidada desta vez a cartunista e chargista Laerte Coutinho, referência na sua arte no Brasil todo. O anfitrião dessa festa maravilhosa será o roteirista e ilustrador Eloar Guazzelli. Ambos estarão na abertura da FestiPOA, que acontecerá – já anotem na agenda – no dia 18 de Maio no Bar Ocidente.

Na verdade, o FestiPOA é um grande movimento literário que veio para ficar e agitar o primeiro semestre na cidade. São pessoas realmente envolvidas na tarefa maior que é aproximar leitores, escritores, artistas e simpatizantes das redondezas de uma forma bem bacana, estruturada e organizada – incluindo na leva desde escritores em início de carreira, que estão se destacando no cenário literário, até consagrados e premiados reconhecidos no mundo inteiros – para que Portinho esteja repleta, ocupada por gente apaixonada pela diversidade cultural. Isso tudo apesar da crise, das dificuldades que todo evento cultural encontra país afora.

Então, para essa festa bombar e movimentar de verdade o nosso cenário literário e artístico, mais de 50 convidados – entre escritores e artistas – estarão espalhados pela cidade, numa programação intensa e muito legal nos mais diversos pontos culturais: Instituto Goethe, Palavraria, Bar Ocidente, Café Cartum… Vale visitar o evento no Facebook – e marcar o interesse em participar – do evento pra conferir a programação completa com todos os detalhes que logo deve sair. No ano passado não consegui assistir uma única palestra por causa dos meus horários no trabalho, mas vou fazer um esforço esse ano porque a gente tem mais é que prestigiar mesmo!

O que é mais legal nisso tudo é perceber que cada vez mais pessoas estão interessadas em literatura, lendo mais, buscando mais conhecimento através de livros e de encontros que celebram justamente esse mundo tão plural do qual fazem parte a cultura e a arte. Fico super feliz de saber que a minha cidade está envolvida nessa transformação. E outro detalhe: toda a programação do evento é gratuita.  ;)

E hoje à noite tem Pré-Estréia FestiPOA: Na Livraria Baleia, que fica no centro cultural Aldeia, às 19h. Encontro e Lançamento de Livros com Alice Ruiz, também com entrada Franca.

Alice Ruiz Fotografia: J S Vieira

Alice Ruiz é poetisa e letrista, de Curitiba, escreveu livros como Vice versos (1989) e Dois em um (2008), vencedores do Jabuti, fez algumas parcerias com Arnaldo Antunes, Zélia Duncan e Chico César, entre outros. Ministra oficinas de haikai por todo o país e organizou Toda poesia (eu amo esse livro) de Paulo Leminski. Nunca li nada específico dela e fiquei bastante curiosa por conhecer seu trabalho. Uma pena que a cidade esteja um pequeno caos e eu more praticamente na outra ponta de POA, deve ser incrível ouví-la. Aqui tem uma entrevista bem bacana: Jogo de Ideias.

Agora é esperar pela programação oficial completa e torcer para ter tempo suficiente de aproveitar ao máximo tudo o que o FestiPOA puder nos oferecer! Quem vem junto?

Um beijo grande e bom restinho de domingo! 

nine_signature

  Ei, curte aqui, vai! :(

Nine Copetti

Dizem por aí que já nasci com um livro embaixo do braço. Ando pelas ruas com o olhar pro alto a procurar nuvens que sejam algodão doce e passarinhos que versem sobre o dourado lindo do sol que chega de mansinho. Desanuvio meus pensamentos em palavras que se tornam meus textos de escape, faça sol ou chuva. Nos dias de chuva eu capricho mais. Dizem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *